Duarte Cruz Fonseca

Natural de Minde.

Profissionalmente tem 9 anos de experiência no sector financeiro passando por áreas como auditoria financeira, consultoria financeira, private equity, estruturação de operações de project finance, corporate fundraising. Actualmente é coordenador de corporate finance da Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo.

Como baterista tem participado em vários projectos, a maioria dos quais de música original e como membro fundador, dos quais destaca os Slow is Possible. Uma formação em septeto de jazz contemporâneo que, através da Jacc Records, lançou em 2015 o álbum de estreia. Co-criação (2015) de um espectáculo  – Sense of Becoming – dedicado a seis filmes da cineasta experimental Maya Deren estreado no Festival Materiais Diversos 2015.

No seu percurso tem colaborado em vários projectos de carácter social, dos quais destaca a função de responsável financeiro da Casa do Povo de Minde, entidade responsável pela organização do festival de jazz de Minde (Jazz Minde, com 12 edições) e a administração de um jornal mensal regional (Jornal de Minde) durante 5 anos.