Pedro Moura Alves

Natural de Minde, licenciado em Bioquímica e Doutorado em Biomedicina, é actualmente investigador no Max Planck Institute for Infection Biology em Berlim.

Desde cedo esteve ligado à música, frequentando o Conservatório Jaime Chavinha (Minde) na classe de piano e formando de seguida uma banda com os demais mentores do projecto JAZZ´aqui. Quando ingressou na Faculdade fundou junto com mais seis amigos a Desertuna, Tuna da Universidade da Beira Interior, onde foi o primeiro ensaiador. Durante este período esteve envolvido na organização de vários eventos de carácter cultural. Após a licenciatura passou por Utrecht (Holanda) e Boston (EUA) onde além de estar envolvido em projectos de investigação científica, frequentou aulas de piano jazz.

Foi um dos fundadores da Comissão de Estudantes de Doutoramento da Faculdade de Medicina de Lisboa, sendo o primeiro Presidente eleito, e estando envolvido na organização de diversas conferências e eventos. Após o doutoramento rumou a Berlim, fundou a Associação de Pós-Graduados Portugueses na Alemanha (ASPPA) sendo o primeiro Presidente eleito do Conselho Executivo, e mais tarde Vice-presidente da Assembleia Geral. Com a ASPPA, tem desenvolvido diversos eventos sempre com o propósito de representar os Portugueses com grau académico a residir na Alemanha, bem como divulgar o bom nome de Portugal e dos Portugueses neste país.

Também em Berlim, fez parte de diversas bandas de música, destacando-se os “Paper Plains” que além de realizar diversos concertos na Alemanha, chegando à final alemã do concurso internacional de bandas Emergenza, organizaram e fizeram uma pequena digressão por Portugal em 2012, juntamente com uma das bandas de outros dois mentores deste projecto, o Duarte Fonseca e Tiago Rodrigues.

De realçar que em 2010 organizou no Museu de Aguarela Roque Gameiro (Minde) a exposição de fotografia  “Min´de viagem”, onde também expôs. Neste evento, que contou com a presença de diversas personalidades de renome, decorreram ainda diversos workshops e espectáculos musicais e de dança (nacionais e internacionais), e contou com a colaboração do Miguel Pires, também mentor do projecto JAZZ´aqui.